Os javalis selvagens e a inteligência emocional

Nos últimos dias acompanhamos o caso dos meninos de um time de futebol e seu técnico que ficaram presos em uma caverna na Tailândia durante mais de duas semanas. Foi realmente um caso comovente e que, felizmente, teve o final esperado, pois todos foram resgatados com vida e, de acordo com as notícias, passam bem.

Pelo que parece a técnica de meditação, praticada pelo técnico, ajudou-o no controle emocional e psicológico, além de ajudar também aos meninos. Guardadas as proporções, claro, podemos dizer que provavelmente todos já passamos situações complicadas ao longo de nossas trajetórias e precisamos lidar com isso da melhor maneira possível. Situações de estresse extremo como foi esse caso dos meninos exigem, dentre outras coisas, esse autocontrole.


Isso me fez refletir um pouco sobre a importância desse “controle emocional” em momentos complicados de nossas vidas e me fez pensar sobre a inteligência emocional e sobre como é importante desenvolvê-la, tanto para nossas vidas pessoais como profissionais, que na verdade acabam por se entrelaçar.


A inteligência emocional nos proporciona identificar e reconhecer nossas próprias emoções e sentimentos e saber lidar com eles, além de identificar e entender os sentimentos dos outros, ajudando na interação e nos relacionamentos interpessoais. Isso é fundamental para o nosso desenvolvimento e está diretamente ligado à nossa carreira, visto que praticamente todas as situações de trabalho envolvem o relacionamento com outros.


Quando temos algum problema em casa, por exemplo, normalmente fazemos um esforço grande para que não interfira na nossa rotina de trabalho, tentamos separar o pessoal do profissional, tentamos manter nosso autocontrole emocional. Talvez nem sempre a gente consiga, mas o importante é buscar melhoria e nos desenvolver, para que quando ocorra algo novamente, nós consigamos um resultado melhor.


Por vezes também precisamos entender o momento do outro, compreender o que um colega/amigo está enfrentando e tentar ajudar da maneira mais adequada possível. Quando estamos em uma função de liderança, essa habilidade é ainda mais importante e útil, pois faz com que o líder consiga perceber melhor sua equipe e atuar de acordo com as necessidades dela.


Com certeza isso não é tão fácil para todo mundo, mas a inteligência emocional pode ser desenvolvida e é possível trabalharmos nisso, afinal o desenvolvimento contínuo é sempre importante, não é mesmo? Vamos tentar?

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

(92) 99966-9309 | (92) 99602-7419

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
Singulari Consultoria SS Ltda
CNPJ 15.691.528/0001-21
Avenida Ephigênio Salles, 1299