O mundo VUCA

Este mês vamos tratar de um assunto, em nosso evento Conversa Singulari, que nos estimula a aprender a desaprender: que é o mundo VUCA.

Sim, porque esse assunto nos leva a olhar e perceber que o aprendemos ao longo de nossa vida profissional pode se tornar obsoleto rapidamente e isso vai impactar diretamente em nossa ferramenta (talvez mais reverenciada e antiga) o planejamento estratégico! Pois é no Mundo VUCA ele tem pouca utilidade. E o que fazer?

(Não vou aqui abordar todo o assunto, uma porque é muito extenso e outra porque esperamos vocês em nosso encontro. )

Para deixar um “gostinho de quero mais” quero falar sobre uma das reflexões que deve ser feita sobre cultura e valores.

Vamos pensar: será que declarar valores por si só vai gerar impacto na cultura da organização? Será que as grandes empresas envolvidas em escândalos não tinham a palavra ética na sua lista de valores?

Os atributos mais poderosos de uma cultura emergem a partir das ações e histórias do dia a dia, não de uma declaração. Isso acontece, pois, a organização moderna é por si só um sistema complexo. Declarar os valores e colocá-los na parede é o primeiro passo para ignorar esse fenômeno.

Pois é, mas quantas empresas tem uma placa maravilhosa de aço escovado, mas nunca parou para disseminar e estimular que as pessoas entendam e pratiquem realmente os valores. Sim a empresa precisa realmente de algo sólido para servir de âncora.

Imagine um jogador de xadrez que procura prever os lances do oponente e pensar nos seus movimentos de maneira a atingir seus objetivos. Pois é, o problema é que o xadrez não é VUCA, ao contrário as regras são claras e todos os jogadores obedecem, o campo é visível e os movimentos são alternados e cadenciados.

No mundo VUCA temos que perceber que a estratégia que levou ao sucesso é apenas um padrão no fluxo de acontecimentos passados. É fácil conectar os pontos depois do acontecido, mas impossível prever e definir com a antecedência que estávamos acostumados.

Por isso, neste mundo VUCA é imprescindível que se defina um propósito claro e poderoso, que possa efetivamente expressar o impacto positivo que se quer causar na sociedade e verificar se ele está na cabeça das pessoas, ou seja, é usado como norte para as decisões do dia a dia.

Além disso, é essencial o desenvolvimento contínuo dos profissionais e a criação de processos integrados, que possibilitem ao máximo a formação de uma cultura organizacional dinâmica, colaborativa e voltada a resultados.

Quer saber mais sobre o mundo VUCA? Inscreva-se na Conversa Singulari que vai acontecer no dia 29/05, o evento é gratuito.


Até lá!


Sonia Grasseschi

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Singulari Consultoria SS Ltda
CNPJ 15.691.528/0001-21
Avenida Ephigênio Salles, 1299