Ah, o carnaval...

February 22, 2018

 

O carnaval é uma época muito festejada por muitos brasileiros, não é mesmo? São milhares de pessoas que vão as ruas, seja em escolas de samba, em trios elétricos, em blocos de rua, ou qualquer outro tipo de festejo. As formas podem ser diferentes, mas algumas características permeiam por todas elas. 

 

E não estou falando dos foliões não, mas sim dos bastidores de toda essa festa. Como é incrível observar a organização que está por trás de tudo aquilo, as pessoas que estão fazendo aquilo acontecer.

 

Eu sempre gostei de observar os bastidores das escolas de samba, mais especificamente, tanto pela televisão como ao vivo no sambódromo, assistindo ou desfilando. Sempre achei muito interessante como as pessoas se dedicam durante meses naqueles barracões, pensando e construindo cada mínimo detalhe, seja de um pequeno adereço de uma fantasia ou de um enorme e esplêndido carro alegórico.

 

Nesse ano tive uma experiência um pouco diferente, pois fui curtir os blocos de rua no Rio de Janeiro. Tive a oportunidade de ficar bem ao lado de um dos blocos no início do desfile e vi uma cena que me chamou muito a atenção. Era a presidente do bloco, uma mulher de cerca de 70 anos, que passou por todos os instrumentistas dando um beijo e um abraço em cada um, como quem dizia “vai lá e arrebenta, meu filho”. O que aquilo me transmitiu? Amor. Isso mesmo, amor. Os olhos daquelas pessoas me mostravam que elas tinham amor pelo que estavam fazendo, que tinham muita vontade de dar o seu melhor e construir aquele sonho.

 

E é exatamente esse amor e paixão pelo que se faz que vejo também nos bastidores das escolas de samba, que sempre gostei de observar. É dedicação intensa, é entrega, é comprometimento. É um laço firme que liga as pessoas àquele trabalho.  

 

Cada um ali tem um papel importantíssimo, tenho certeza disso. Cada um contribui com as suas habilidades e competências. Cada um lidera à sua maneira. Aliás, quantas lideranças natas não vemos por ali? E quantas outras não são desenvolvidas? Cada pessoa tem um papel fundamental e podemos ver como cada um deles se sente dono daquilo, buscando fazer o melhor que pode para tudo sair como o planejado, pra que consigam encantar os foliões, pra realizar o sonho de todos que trabalharam por aquilo.

 

É, o carnaval pode nos dar boas lições para o nosso dia a dia...

 

Suelen Scop de Ávila

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

E se o novo normal for melhor?

May 4, 2020

1/7
Please reload

Posts Recentes

May 29, 2020

Please reload

Arquivo