Tudo depende do ponto de vista

July 4, 2018

Já escrevi, várias vezes, nestes textos para o Blog o quanto sou apaixonada pelo meu trabalho, mas acreditem tem coisas que realmente considero entediante e muitas vezes isso me causa tensão.

 

Daí não tem outro jeito senão aceitar como um compromisso, e assim encarar pensando e agindo com base em um de nossos valores: excelência. Em geral, isso só requer um esforço um pouco maior do que normalmente faria.


Pense comigo, quando você está fazendo um trabalho que não gosta ou que não se identifica, isto pode ser tedioso, difícil e até mesmo tenso. De fato, o que com freqüência torna o trabalho difícil ou tedioso é a relutância em fazê-lo.

 

E cá entre nós, como é fácil “empurrar com a barriga”, ou seja, relutar e arranjar motivos para deixar para depois.


Mas queria tentar, junto com você, olhar sob outro ponto de vista: será que uma vida livre de tensões tem algum sentido?

 

Lógico que é fácil aliviar a tensão, tomando o caminho mais fácil que seria abandonar, desistir, fugir dos desafios, por exemplo. Mesmo que esse comportamento possa aliviar temporariamente a tensão, ele eventualmente pode voltar com a terrível dor do arrependimento.


Quando aceitamos que a tensão faz parte da vida, ela perde um pouco do seu poder. O contrário também é verdadeiro, nós tornamos a tensão ainda pior resistindo a ela.

 

O fato é que existe trabalho a ser feito. E você tem uma escolha: pode encará-lo como uma irritação e, atormentar-se enquanto o faz, ou enxergá-lo como uma oportunidade para alcançar a excelência e sentir a satisfação de ter criado algo valioso.

 
Você decide sob qual ponto de vista decide ver algo!

 

Sonia Grasseschi

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

E se o novo normal for melhor?

May 4, 2020

1/7
Please reload

Posts Recentes

May 29, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload