Girl Power

March 7, 2018

Bom, amanhã (08/03) será comemorado o dia da mulher. Então resolvi falar um pouco sobre esse poder feminino que transforma lares, empresas e vidas. Forte né? Mas essa força é real, e essa expressão não é de nenhuma forma um exagero.

 

Pare um pouco e pense agora em uma mulher que inspira você com toda a força que ela tem? Tenho certeza que vieram mais de uma na sua cabeça. Elas estão em todos os lugares e transformam diariamente o ambiente em que estão.

 

Não, eu não quero falar da nossa capacidade de realizar trabalhos que exijam maior resistência física ou das competências que temos para executar tarefas ditas exclusivas para homens. Não é dessa força, além dessa temos muitas outras, e são dessas outras que quero falar. Mulher, esse texto escrevi pensando em você, pensando em todas as circunstâncias que já vi muitas de nós passarem, e se manterem fortes, mulheres.

 

É admirável a força que temos quando levantamos depois de uma perda que parecia ter tirado nosso chão, depois de recebermos um diagnóstico difícil, nosso ou de alguém que amamos, depois de entendermos que as vezes a partida é necessária, depois de um dia difícil no trabalho, quando se prepara para um parto, depois de passar a noite acordada com um filho doente, depois de tomar uma decisão difícil, depois de uma briga com o cônjuge, depois de ter sido abusada ou ainda, depois de ter sido agredida.

 

A força com que levantamos para enfrentarmos o preconceito que infelizmente ainda existe, para encararmos os padrões impostos pela sociedade a respeito de beleza, corpo e comportamento, para dar força para os outros e se importar com os mesmos e, ainda, para que com o nosso jeito singular possamos gerar valor para a vida de alguém. Afinal, nós entendemos que temos um propósito e certamente não estamos aqui de passagem, nem somos coadjuvantes da nossa história.

 

Como uma lutadora de MMA, que levanta com brilho nos olhos, depois de um golpe. Assim somos nós, não paramos por conta de dificuldade, cada uma busca sua força, na sua fé, nos olhos dos seus filhos, na sua família, na sua equipe e em si mesma. Chorar não nos faz fracas, pelo contrário, só faz parte do processo em que aumentamos o nível da nossa força.

 

O poder feminino que transforma, acredita, investe, renova e vive o seu propósito.

 

O que é ser mulher para mim? É ser forte!

 

Ela reveste-se de força e dignidade, sorri diante do futuro.

 

Feliz dia para nós!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ser Solidário – O lado bom da dificuldade, se houver…

December 19, 2018

1/6
Please reload

Posts Recentes